Portal da Cidade Poços de Caldas

SAÚDE

Secretaria realiza reunião para definir medidas para a Santa Casa

Comissão formada no mês passado tem o objetivo de apurar a situação administrativa e financeira do hospital

Postado em 13/02/2018 às 08:02 | Atualizado em 13/02/2018 às 10:41

Dívida da Santa Casa é da ordem de 20 milhões de reais (Foto: ACS/Prefeitura)

O secretário de Saúde Carlos Mosconi, se reuniu com a comissão paritária, formada no mês passado, com o objetivo de apurar a situação administrativa e financeira da Santa Casa de Misericórdia de Poços de Caldas.

A comissão com oito pessoas, quatro da Irmandade e quatro representantes do Executivo Municipal, tem poder deliberativo, com o objetivo de acompanhar a gestão da Santa Casa, implantar uma auditoria que expresse a real situação financeira da instituição e dar solução para a dívida já instalada, além de desenvolver um processo de renovação de toda a Diretoria Executiva. “A Comissão entende que este trabalho é fundamental, para que a Santa Casa volte a ser a referência que era na nossa região. Dando início ao trabalho de auditoria, uma empresa de Belo Horizonte, após vários contatos, enviou um representante ao hospital esta semana, para analisar documentos e apresentar a proposta de trabalho e o orçamento para posterior contratação”, confirmou Mosconi.

Avaliações preliminares já indicam uma dívida da Santa Casa, da ordem de 20 milhões de reais. Trata-se de pagamentos devidos a bancos, fornecedores, prestadores e aos médicos, alguns sem receber desde abril do ano passado. “Após reunião com a Comissão, tivemos outra reunião com representantes do corpo clínico do hospital. A Secretaria de Saúde está rigorosamente em dia com os repasses feitos à Santa Casa e propõe que o pagamento dos honorários médicos de procedimentos realizados este ano seja totalmente normalizado. A dívida relativa aos médicos e aos fornecedores tão logo seja levantada pela auditoria, deverá ser equacionada de acordo com as possibilidades já em estudo pela Prefeitura Municipal”, explicou Mosconi.

Tanto o secretário de Saúde, quanto o prefeito Sérgio Azevedo, estão acompanhando de perto o trabalho da comissão paritária que visa propor soluções necessárias para que a Santa Casa possa enfrentar a crise. “O objetivo de todo este trabalho é que a população volte a ser atendida plenamente na Santa Casa, que é fundamental para o bom funcionamento da saúde no nosso município”, finalizou Mosconi.

Fonte: ACS/Prefeitura

Deixe seu comentário