Portal da Cidade Poços de Caldas

SAÚDE

Oficina de Cultivo de Plantas Medicinais tem início na UBS Santa Rosália

Objetivo é fazer com que os pacientes utilizem mais produtos naturais e menos medicamentos

Postado em 28/06/2018 às 07:06 | Atualizado hoje às 04:48

Novas mudas ainda serão plantadas nos próximos dias (Foto: ACS/Prefeitura )

Hortelã, lavanda, bálsamo, manjericão, poejo, guaco, arnica e alfavaca: estas são algumas entre as diversas plantas que estão dando cara nova ao gramado da área externa da UBS Santa Rosália/ Santana. Por meio do aproveitamento de pneus e de garrafas pet, mudas fornecidas pela Fundação Jardim Botânico estão sendo cultivadas. A ação atende a uma demanda dos pacientes da unidade. “A ideia surgiu de uma reunião comunitária e nós abraçamos o projeto com a participação dos moradores que estão bastante empolgados”, contou a agente comunitária de saúde, Rubiana Ribeiro. “A longo prazo a ideia é fazer com que os pacientes utilizem mais produtos naturais e menos medicamentos. A participação está muito boa, tanto que eles já estão pedindo as mudas para levar para casa, o que a gente ainda não pode fornecer agora, pois estamos no início do cultivo”, complementou Paulo Danilo Vieira, também agente comunitário de saúde. 

Novas mudas ainda serão plantadas nos próximos dias e o trabalho agora consiste em cuidar para que as plantas se desenvolvam para o posterior uso. A iniciativa tem o apoio da Faculdade Pitágoras. “Nós trabalhamos os princípios medicinais no curso e agora vamos trazer isso para a comunidade, até porque juntamente com o cultivo, estão previstas oficinas com os pacientes para trazer estas informações e esclarecer dúvidas”, explicou Yula Merola, coordenadora do curso de Farmácia. 

O secretário de Saúde Flávio Togni de Lima e Silva, esteve na unidade na manhã desta quarta, 27, para acompanhar o trabalho. “É muito bonito ver o envolvimento da comunidade e da equipe em uma ação que traz integração, convivência e propicia novos hábitos de saúde”. 

Quem também esteve na unidade foi a dona de casa, Zilda Silva Gonçalves, que está bastante entusiasmada com o projeto. “Tenho 63 anos e sou daquele tempo dos remedinhos caseiros e a gente tem muita fé nisso. Tenho três hortas na minha casa e uso muito as plantas. É erva-cidreira para dor de cabeça, erva-doce para intestino preso e bálsamo para úlcera. Tem uma planta para toda necessidade. Está sendo muito bom colaborar aqui e trazer isso para outras pessoas”.

Fonte: ACS/Prefeitura

Deixe seu comentário