Portal da Cidade Poços de Caldas

GOLPE

PM prende quadrilha de estelionatários em hotel de Poços de Caldas

Suspeitos foram presos após funcionário receber reclamação de uma das vítimas via telefone

Postado em 12/02/2018 às 06:02 | Atualizado em 12/02/2018 às 10:45

Criminosos foram encontrados com dinheiro, cartões e máquinas de cartão de crédito (Foto: Polícia Militar)

Quatro homens foram presos pela Polícia Militar na noite de domingo, 11, pelo crime de estelionato. Criminosos foram encontrados em um hotel de Poços de Caldas após funcionário desconfiar do grupo e acionar a polícia.

Segundo a PM, a gerência do hotel acionou a polícia informando que quatro indivíduos suspeitos de realizar pagamentos utilizando cartões de crédito de outras pessoas estavam hospedados no estabelecimento.

Militares foram até o local e, após buscas, encontraram no quarto dos suspeitos duas máquinas de cartão de crédito, vários cartões em nome de terceiros, dinheiro, abadás do Carnaval de Muzambinho, entre outros objetos que caracterizavam a prática do crime.

De acordo com a polícia, a gerência do hotel teve conhecimento da fraude após os suspeitos efetuarem o pagamento de diárias e consumo utilizando uma cartão de crédito de uma pessoa que não estava hospedada no local. A vítima teria tomado conhecimento do débito em seu cartão e entrado em contato com o hotel reclamando do pagamento.

Após consultas aos sistemas, a polícia constatou que os quatro indivíduos faziam parte de uma quadrilha que atuava em vários estados do país praticando o crime de estelionato. Conforme apuração da PM, os criminosos conseguiam dados de cartões de crédito das vítimas e os utilizavam pagar hospedagem em hotéis luxuosos e eventos renomados e caros.

Segundo os policiais, a quadrilha teria ainda adquirido de maneira fraudulenta abadás do Carnaval de Muzambinho, que custam em torno de R$400,00 a R$600,00, e iriam revendê-los a fim de "esquentar" o dinheiro.

Os suspeitos Josemar Souza de Moura, de 39 anos, Daniel Victor Fernandes Muniz, de 25, Anderson Lopes da Silva, de 33, e Rodrigo Alexandre de Sousa, de 32, foram presos em flagrante e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil juntamente com os materiais apreendidos.

Fonte: Portal da Cidade Poços de Caldas

Deixe seu comentário