Portal da Cidade Poços de Caldas

FACILIDADE

Biblioteca Nilza Botelho Megale digitaliza 1.200 jornais antigos

Exemplares digitalizados são do fim do século XIX e início do século XX

Postado em 13/03/2018 às 07:46 | Atualizado em 13/03/2018 às 09:27

Material digitalizado corresponde a a cerca de 30% do acervo (Foto: ACS/Prefeitura)

A Biblioteca Nilza Botelho Megale, localizada no Museu Histórico e Geográfico de Poços de Caldas, completou a meta de digitalizar 1.200 jornais antigos, o que corresponde a cerca de 30% do acervo. 

O procedimento segue a seguinte metodologia: análise da parte física dos jornais; higienização; digitalização dos jornais gerando arquivo digital (PDF), arquivamento dos jornais físicos acondicionados em papéis alcalinos e disponibilização dos arquivos digitais. “Esses jornais estão em sua maioria em condições precárias de manuseio, sendo sua digitalização uma necessidade para salvaguardar o documento e democratizar seu acesso”, diz o coordenador do Museu, Yuri de Almeida Gonçalves. 

O acervo digitalizado preserva edições que contam um pouco do passado do município, entre elas, "A Estância de 1915", " A Voz do Trabalhador de 1916", "Gazette de Lausanne de 1815", "Cidade de Poços de 1916", "Revista de Poços de 1905", "Villa de Poços de 1894" e "Vita de 1913". Há também jornais da cidade de Caldas e outras cidades da região. 

Qualquer cidadão pode ter acesso às páginas digitalizadas dos jornais e até adquiri-los gratuitamente, indo até a Biblioteca Nilza Botelho Megale, que funciona de terça a sexta das 8h às 18h, e aos sábados das 12h às 18h. 

A digitalização do material restante está em andamento.

Fonte: ACS/Prefeitura

Deixe seu comentário